BahiaGeral

Sindicato cobra que governo decrete estado de emergência em Feira de Santana

FEIRA DE SANTANA - CIDADEO governador Jaques Wagner (PT) decretou estado de emergência em 214 cidades por conta da seca, decisão publicada no Diário Oficial do Estado, no sábado (9). O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Feira de Santana (STR-Feira) manifestou surpresa com o fato de a cidade não ter sido incluída na lista publicada, o que agrava os problemas das comunidades. De acordo com o STR, a não inclusão deixa o município com ações limitadas, porque não terá novos investimentos e recursos para a zona rural, para a ampliação de ações emergenciais, a exemplo de mais carros pipas, limpeza e criação de novos tanques, novas frentes de trabalho e até a distribuição de cestas básicas. Em nota, a entidade diz reconhecer o papel do governo do Estado, mas cobra de Wagner a inclusão do município de Feira de Santana entre as cidades em estado de emergência, para “podermos salvar vidas e dar esperanças às famílias de agricultores familiares”. Ainda segundo o sindicato, houve uma perda de 90% do plantio do o feijão, do milho e da mandioca, e o consumidor paga em média R$ 6 pelo quilo do feijão, por exemplo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo