Entretenimento

Silvio Santos vai ganhar exposição sobre sua história na TV

SILVIO SANTOS - FOTO NOVAQue o dono do SBT Silvio Santos inspira muitos artistas já não é novidade. Ele já foi enredo de escola de samba e agora terá uma exposição inteira em sua homenagem. O Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS-SP), que também já fez uma mega exposição sobre o Castelo Rá-Tim-Bum vai agora abrir o espaço para contar um pouco da história de um dos maiores nomes da televisão brasileira.

“Há dois anos, eu estava querendo fazer uma exposição sobre a TV, mas é quase impossível fazer uma mostra sobre toda a história da televisão. Então, pensei no Silvio Santos. Ele é o cara da TV, tem uma história linda e nem todo mundo conhece a vida dele do ponto de vista empresarial e humano”, afirma o Diretor do MIS, André Sturm, em conversa com o site EGO. “Silvio ficou encantado com a ideia, mas a única condição dele é que não queria se meter em nada, nem queria que o SBT se responsabilizasse pela exposição. Ele queria que fosse uma iniciativa independente do MIS. Silvio não gosta de auto-homenagens”, revela Sturm.

O museu irá focar a mostra em vídeos, fotos e cenários de programas do SBT. “A exposição começa com a primeira experiência profissional dele, ainda nas Barcas (ligação entre Rio e Niterói). Vamos falar sobre a história dele no rádio, o início na televisão, a criação do Baú da Felicidade, até chegar nos dias de hoje. Vamos recriar os cenários do “Qual é a Música?, do “Domingo no Parque” e da “Porta da Esperança”. Alguns cenários terão brincadeiras e o público vai poder interagir”, adianta Sturm.

O projeto é ousado, uma vez que o diretor sonha em levar a exposição a outros lugares do Brasil.

A exposição sobre o “Castelo Rá-Tim-Bum”, foi um sucesso absoluto, mas Sturn vê que Silvio Santos pode superar a marca. “Sei que teremos um público muito grande na exposição sobre o Silvio. Gostamos de fazer estas exposições que motivem as pessoas a irem ao museu. Queremos acabar com este preconceito de que museu é lugar de coisa velha. Museus não são chatos”, garante o diretor.

Uma exposição sobre Renato Russo também está nos planos de Sturm para o ano que vem.

 

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar