Cotidiano

Sétimo ‘cigano’ morre em ação policial; homem é suspeito por homicídio de PMs

Mais um “cigano” morreu em uma ação policial em consequência da operação que investiga o assassinato de dois policiais militares em Vitória da Conquista, no Sudoeste. Na manhã desta sexta-feira (30), um homem – identificado como Lindomar e apontado como cigano – morreu após tiroteio com policiais em Anagé, na mesma região.

Este é o sétimo “cigano” morto dos 11 apontados como envolvidos no crime que vitimou o tenente Luciano Libarino Neves, de 34 anos, e o soldado da Polícia Militar Robson Brito de Matos, de 30. Os dois foram mortos no dia 13 de julho quando estavam em trabalho no distrito de José Gonçalves, zona rural de Vitória da Conquista.

No caso desta sexta, o acusado estaria armado e tentava invadir casas na localidade de Lagoa Grande, em Anagé. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), o homem, que estava com um revólver calibre 38, munições e uma faca do tipo peixeira, acabou cercado por equipes da Cipe Central e da 79ª CIPM.

Na tentativa de prisão, teria havido confronto e o cigano ficou ferido, não resistindo os ferimentos. Na quarta-feira (28), outros três ciganos também morreram após tiroteio com policiais. Dos 11 suspeitos pelo homicídio dos policiais, um está preso e outros dois são considerados foragidos.

Bahianoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo