Bahia

Servidores do Samu ameaçam greve em Itabuna a partir de segunda-feira

Alegando salários atrasados, os servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Itabuna, no sul da Bahia, ameaçam entrar em greve a partir da próxima segunda-feira (19). Além do acordo que colocará os salários em dia, os servidores querem a concessão de outras garantias, como o recebimento de insalubridade, adicional de risco e hora extra. O secretário municipal de Saúde, Geraldo Magela, informou que o salário do mês de outubro foi repassado. “Devido a um problema com o fechamento da folha de pagamento, os funcionários não receberam a insalubridade”, explicou. Os representantes dos trabalhadores da Samu, porém, garantem que o salário não foi pago. De acordo com Carla Lúcia, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Itabuna, os funcionários já estão cumprindo uma agenda de  três horas de paralisação por dia. “O Samu ainda não está em greve, está  funcionando com apenas 30% do efetivo. O serviço em Itabuna possui três ambulâncias, sendo duas unidades básicas e uma avançada, mas apenas esta última estará funcionando (a partir de segunda-feira)”. Com informações do A Tarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo