Cotidiano

Seria anormal o MDB não lutar por vaga na chapa de Neto ao governo, diz Leur Jr.

Líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado Leur Lomanto Junior afirmou na manha desta segunda-feira que “seria anormal o MDB não lutar e não reivindicar participação na chapa liderada pelo prefeito ACM Neto ao governo do Estado”.

O MDB, que até pouco tempo atrás era PMDB, vem sofrendo desgaste desde o envolvimento de Geddel Viera Lima em corrupção, cujo ponto culminante foi sua prisão em setembro do ano passado.

Com o desgaste, já se comenta a possibilidade de o vice-prefeito de salvador, Bruno reis, deixar o partido e entrar no DEM. Ao apresentador José Eduardo, no programa Bahia no Ar, na Radio Metrópole, Leur se diz incrédulo quanto ao desembarque de Bruno do MDB.

“O MDB era carente de liderança em Salvador. Tínhamos o ex-prefeito João Henrique, mas não tinha uma história dentro do partido. Bruno Reis entrou com essa função. Construiu seu espaço dentro do partido, fazendo um bom relacionamento com militantes, conquistou a confiança de todos. Numa disputa árdua para a vice de Neto, entre PRB, PSDB e PMDB, ele foi o nome que mostrou a grande liderança em Salvador e hoje é a maior liderança do partido na Bahia”, assinalou Leur.

Bocãonews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo