Notícias

Sequestro de coronel: oficial passou 40 minutos em poder de bandidos

A Polícia Militar da Bahia confirmou na manhã desta sexta-feira (16) o sequestro do coronel Everton Tosta, responsável pela Superintendência de Telecomunicações da PM (Stelecom), na noite da última quarta-feira (14), em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador (RMS).

O oficial foi abordado por homens armados em Barra do Jacuípe, no Litoral Norte. No momento da ação, o coronel estava em companhia da esposa no interior do seu veículo, um Ecosport.

Os momentos de tensão tiveram início por volta das 22h30 e durou cerca de 40 minutos. O casal foi libertado às 23h10 do mesmo dia, na estrada da Cascalheira, no Centro Industrial de Aratu (CIA), sem sofrer qualquer tipo de agressão.

De acordo com informações, não confirmadas pela PM, as vítimas tiveram objetos pessoais levados, além de certa quantia de dinheiro. O crime está sendo investigado pela delegacia de Camaçari.

Atentados contra militares – A ação criminosa entra para as estatísticas de crimes contra militares na Bahia em 2012. Este ano o comando da PM já registrou 24 homicídios em que as vítimas são policiais.

O último crime foi registrado em Feira de Santana, no interior do Estado. Rogério Araújo, 40 anos, foi morto por dois homens que tinham acabado de assaltar um supermercado. Os acusados morreram após trocar tiros com uma guarnição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo