Polícia

Segurança é executado na frente da própria mãe em Salvador; “já sabe, né!?”, disse atirador

Um homem de 33 anos que trabalhava como segurança foi morto a tiros no bairro do Doron, em Salvador. Milton de Araújo Barroso estava dormindo dentro de um pequeno quarto localizado em um bar quando foi surpreendido por um homem armado. A mãe dele, que terá a identidade preservada, também estava no imóvel durante o assassinato.  

Tudo aconteceu na madrugada de domingo (3/11). Informações de testemunhas sustentam que pelo menos dois criminosos participaram da ação. Os dois forçaram um portão para que um deles pudesse entrar no local e executar Milton, que foi atingido na boca. “Já sabe, né?!”, teria dito o assassino antes de cometer o crime. O suspeito ainda levou dois celulares, incluindo o aparelho da vítima. 

O segurança estava morando no bar há pouco mais de um ano. A mãe dele teria ido ao local para visitar Milton, que passava por um pequeno problema de saúde. Ela deve ser ouvida pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que quer saber também o motivo da execução. A Polícia Civil também pretende identificar a dupla responsável pelo atentado. 

Policiais da 23ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Tancredo Neves) foram acionados e isolaram a área até a chegada do Serviço de Investigação de Local de Crime (SILC). *Aratu On. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar