Notícias

Segundo turno em Conquista e Salvador definirá eleição da base de Wagner

O resultado nas urnas no próximo domingo (28) em Salvador e em Vitória da Conquista determinará se os partidos da base do governador Jaques Wagner governarão a maior parte do eleitorado no estado ou se haverá espaço equilibrado para as siglas aliadas e de oposição. Os dois municípios concentram mais de três milhões de pessoas, cerca de 21% da população baiana. Caso sejam eleitos os governistas Nelson Pelegrino (PT), em Salvador, e Guilherme Menezes (PT), em Vitória da Conquista, os 11 partidos que oficialmente compõem a base aliada do governador vão comandar 327 cidades no estado. Juntas, as cidades têm uma população de 11,5 milhões de pessoas, o que corresponde 81% da população na Bahia. Com 90 cidades, a oposição governaria 19% da população. Se vencerem as disputas os oposicionistas ACM Neto (DEM), em Salvador, e Herzem Gusmão (PMDB), em Conquista, a oposição, com 92 cidades, seria responsável por governar 40% dos baianos e reduziria a fatia dos governistas para 60% da população. Com informações do A Tarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo