GeralNotícias

Seca: “Deus me deu, Deus tirou, louvado seja o nome dele”, diz pequeno produtor de Cansanção

SÊCA - CANSANÇÃOManuel Soares Cordeiro, de 98 anos, mais conhecido como “Seu Nezinho”, perdeu nos últimos meses mais de 150 bovinos da sua fazenda, localizada no município de Cansanção, no nordeste baiano. A região é castigada pelos efeitos devastadores provocados pela pior seca dos últimos 50 anos. “Deus me deu, Deus tirou, louvado seja o nome dele”, disse o pequeno produtor em entrevista ao site Cansanção.Net. A frase é uma referência ao Livro de Jó, do Antigo Testamento. De acordo com Seu Nezinho, um poço artesiano perfurado recentemente mantém vivo o restante dos animais que sobreviveram à escassez, muitos deles já sem força para levantar. Os sobreviventes são sustentados por um rodízio de alimentos que inclui torta de algodão, farelo de trigo, milho e por palha de licurizeiros e mandacaru, duas fontes de alimentação que ainda são encontradas na propriedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo