BrasilCidadesGeral

Scanner revela celular dentro de estômago de preso no Rio Grande do Norte

Um homem que faz parte do quadro de internos da Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta (RN), região metropolitana de Natal, engoliu um telefone celular e ficou com o aparelho retido em seu estômago.

O equipamento só foi detectado por meio de um escaneamento. Ao ser identificado, foi retirado por meio de procedimento realizado em uma unidade hospitalar situada em Natal.

As informações foram divulgadas pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), que não divulgou o nome nem a motivação de o recluso ter cometido o ato. Também não foram informadas as penalidades.

O telefone, que é um dos itens proibidos nas unidades prisionais, foi encontrado dentro do corpo do preso após ele passar pelo body scan (equipamento que detecta objetos estranhos no corpo de uma pessoa na entrada dos presídios sem necessitar de contato físico ou retirada de roupas).

A descoberta ocorreu na última sexta-feira (27), quando o preso deu entrada na unidade prisional. Agentes penitenciários desconfiaram de atitudes dele, passaram o scanner no corpo do homem e localizaram o aparelho no sistema digestivo do preso.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo