Esportes

São Paulo vence Tigre e conquista a Copa Sul-Americana

O que ninguém esperava, aconteceu. Depois de um primeiro tempo cheio de problemas, e que terminou 2 x 0 para o São Paulo sobre o Tigre, pela final da Copa Sul-Americana, a equipe argentina resolveu mostrar seu amadorismo e não retornou do intervalo para os últimos quarenta e cinco minutos de confronto no Morumbi.

Por conta disto, a cúpula da Confederação Sul-Americana deu o troféu da competição ao tricolor paulista, que se tornou o segundo clube brasileiro a conquistar o torneio – o primeiro foi o Internacional, em 2006.

Jogo nervoso e show de Lucas marcam noite no Morumbi

Durante o único tempo de partida, o São Paulo foi superior aos argentinos. Sem dar chances à equipe adversária, os comandados de Ney Franco dominaram completamente o duelo e fez os dois gols em apenas 27 minutos.

O primeiro gol do confronto aconteceu aos 22 do primeiro tempo. William José recebeu passe dentro da área e tentou tocar para Jadson, que deixou a bola escapar. Porém, mais esperto que a zaga argentina, Lucas roubou a redonda e chutou rasteiro, no canto esquerdo do goleiro Albil, estufando as redes e fazendo a festa da torcida.

Melhor em campo e mantendo a postura ofensiva, o time tricolor ampliou cinco minutos depois em grande estilo. Em mais uma grande jogada pela direita, Lucas tocou para Oswaldo, que se livrou da marcação da defesa adversária, entrou na área e bateu colocado, por cima de Albil, assinalando um golaço.

E no apito final da etapa inicial, como de costume, muita confusão entre os jogadores argentinos e brasileiros. Os visitantes, por sua vez, se negaram, de forma surpreendente, a voltar ao campo de jogo.

FICHA TÉCNICA

Copa Sul-Americana
São Paulo 2 x 0 Tigre (ARG)
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 12 de dezembro de 2012, quarta-feira
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Assistentes: Francisco Mondría (CHI) e Carlos Astroza (CHI)
Cartões amarelos: Denílson e Rogério Ceni (São Paulo) / Godoy, Galmarini e Ángel Díaz (Tigre)
Cartões vermelhos: Paulo Miranda (São Paulo) / Ángel Díaz (Tigre)
Gols: Lucas e Osvaldo (São Paulo)

São Paulo: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson; Lucas, Osvaldo (Douglas) e Willian José. Técnico: Ney Franco.

Tigre: Albil; Norberto Paparatto, Erik Godoy, Mariano Echeverría e Lucas Orban; Martín Galmarini, Diego Ferreira, Ramiro Leone e Ángel Díaz; Rubén Botta e Ezequiel Maggiolo. Técnico: Néstor Gorosito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo