BrasilGeral

São Paulo cancela Réveillon e mantém máscara, diz secretário

A cidade de São Paulo não terá mais festa de Réveillon neste ano. A informação foi antecipada pelo secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, e deve ser anunciada de forma oficial nas próximas horas pelo prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes (MDB).

Em entrevista à GloboNews na manhã desta quinta-feira, 2, Aparecido revelou ainda que o uso de máscaras permanecerá obrigatório na cidade, mesmo em locais abertos. O governo do Estado havia anunciado a liberação do uso do equipamento de proteção facial a partir do dia 11.

As novas medidas foram tomadas como precaução diante do surgimento de uma nova variante do coronavírus, a Ômicron. A cidade de São Paulo já confirmou casos da nova cepa.

Nunes está nos Estados Unidos, onde acompanha o governador João Doria (PSDB) em viagem oficial. Doria também deve participar do anúncio das novas medidas.

No início da semana, o prefeito de São Paulo havia indicado que o Réveillon seria mantido na cidade. A realização do evento dependia, no entanto, do “quadro epidemiológico da pandemia”, de acordo com a administração municipal.

Em relação ao Carnaval de 2022, pelo menos por enquanto, não houve mudança. A festa, em princípio, está confirmada.

Até o momento, pelo menos 15 capitais brasileiras já anunciaram o cancelamento da festa de Réveillon: Aracaju, Belém, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Florianópolis, Fortaleza, João Pessoa, Natal, Palmas, Porto Alegre, Recife, Salvador, São Luís e Vitória.

Revista Oeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo