Cotidiano

Santoantoniense devolve a topiqueiro de Laje carteira perdida com R$650 reais

Em um mundo marcado pelo capitalismo, aquela conhecida frase “achado não é roubado” não condiz com a realidade das pessoas de bom coração. O topiqueiro José Santos, morador da cidade de Laje, conseguiu recuperar uma carteira contendo documentos pessoais, cartões bancários e uma quantia de R$650 reais em espécie.
 
Zé Cunha, como é conhecido, saiu da estação de transbordo em Santo Antônio de Jesus no sábado (29/08), com destino a cidade de Laje no Vale do Jiquiriçá, ao parar para abastecer seu veículo tipo ‘Topique’, em um Posto de Combustível próximo ao cemitério, deixou cair sua carteira de cédulas, que só veio senti falta após o Posto da Polícia Rodoviária Federal.
 
“Quando meu primeiro passageiro saltou que fui procurar a carteira para dar o troco não mais encontrei, voltei pra Santo Antônio de Jesus, ao chegar no Posto que havia abastecido fui informado que um homem tinha passado de moto e levado minha carteira, retornei pra cidade de Laje com os meus passageiros, ao chegar em casa recebi a ligação de um colega topiqueiro, que estava na estação de transbordo, dizendo que um senhor tinha encontrado minha carteira”.
 
Zé Cunha por telefone pediu ao senhor de nome não revelado para deixar a carteira com o seu colega topiqueiro. Para a sua surpresa a carteira estava intacta, com tudo dentro. “Deus tocou no coração dele, ainda existe gente honesta nesta terra, a gente não pode nunca generalizar por conta de uma minoria que as vezes vive assustando a sociedade, mas existem pessoas como esse senhor que através de minha foto foi até o ponto das topiques me procurar. Me devolveu tudo e ainda não queria aceitar a gratificação”.
 
O homem de bom coração deixou o local sem revelar seu nome. Tribuna do reconcavo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo