Esportes

Rússia responde e faz críticas após Fifa excluir participação da equipe da repescagem para a Copa do Mundo

Após a Fifa anunciar e a Uefa anunciarem que a Rússia não disputaria a Copa do Mundo do Qatar e que os clubes do país estariam eliminados das competições da Europa, a Federação Russa publicou uma nota com críticas as decisões das duas entidades.

– A União de Futebol da Rússia se opõe categoricamente as decisões da Fifa e da Uefa pela suspensão das equipes russas de todos os torneios internacionais. Acreditamos que essa decisão é tanto uma violação de todos os padrões e princípios que regem a competição internacional quanto contra o espírito esportivo e o jogo limpo.

A nota afirma que a Rússia está sendo discriminada e que medidas judiciais devem ser tomadas nos próximos dias.

– É uma discriminação explícita e impacta em um número enorme de atletas e treinadores, clubes e seleções e, o mais importante, nos milhões de russos e fãs internacionais, cujos interesses devem ser a prioridade de todas as organizações esportivas internacionais. A União de Futebol da Rússia reserva-se o direito de contestar essa decisão da Fifa e da Uefa, de acordo com a lei desportiva internacional.

Valeri Karpin, técnico da seleção russa, também condenou as decisões tomadas pela Fifa e Uefa na última segunda-feira.

– Palavras não podem descrever o quão desapontados nós estamos com as decisões da Fifa e da Uefa. Nossa esperança era de que os jogos definissem os vencedores das eliminatórias. Eu sinto muito pelos meninos. Eles sonhavam em jogar uma Copa do Mundo. Agora, suas esperanças se foram.

Por conta das recentes decisões, o RB Leipzig, que havia sido sorteado para encarar o Spartak Moscou na Liga Europa, avança até as quartas de final. Já a Polônia fica a uma vitória contra Suécia ou República Tcheca de garantir vaga no Mundial do Qatar.

Lance

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo