BrasilGeral

Rui sobre o novo decreto restritivo: Infelizmente, os justos pagam o preço dos irresponsáveis

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), comentou sobre o novo decreto de restrição na manhã desta segunda-feira (24), lamentando os registros com aglomerações que recebeu nas suas redes sociais durante o fim de semana. Em entrevista à rádio Metrópole, o petista declarou que “infelizmente, os justos pagam o preço dos irresponsáveis”, ao se referir a necessidade de fechar o comércio não essencial.

“Infelizmente, os justos e corretos acabam pagando pelo preço da irresponsabilidade de algumas pessoas que não tomam as medidas necessárias de proteção [contra a Covid-19]”, disse o governador.

Ainda segundo Rui, as aglomerações estão sendo registradas tanto nas regiões periféricas quanto nos bairros de classe média, evidenciando a falta de cuidado de toda a população contra a pandemia do novo coronavírus. O governador também comentou a nota divulgada pela Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) e disse que “todos nós somos responsáveis pelo que está acontecendo”.

“São dezenas de vídeos e fotos que eu recebo de bares que não seguem o mínimo dos protocolos de enfrentamento da Covid-19. Em Salvador, por exemplo, a lotação máxima deveria ser de 50%, mas nenhuma das imagens que recebi tem algo próximo a pelo menos 100%, ao contrário, tem muita gente esperando em pé do lado de dentro e de fora”, completou o governador justificando o fechamento de bares e restaurantes no fim de semana.

Em nota, a Abrasel havia criticado os decretos estaduais e disse que “até então nunca foram apresentados estudos científicos de causa e efeito, relacionados ao toque de recolher e/ou consumo de bebidas alcóolicas aos finais de semana nos bares e restaurantes”, apesar das evidências relacionadas a diminuição das taxas de contágio e internamento após o isolamento social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo