Slide

Rui Oliveira e Marcelo Nilo trocam “farpas” no Se Liga Bocão

O Se Liga Bocão, da Itapoan FM 97,5, foi palco de um debate acalorado entre o coordenador da APLB-Sindicato, Rui Oliveira, e o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PDT). O sindicalista foi convidado para falar sobre o andamento da greve dos professores, que já dura 84 dias e foi mantida após assembleia realizada nesta terça (4). No início da atração, Rui Oliveira disse que (durante todo esse tempo) não esteve com ninguém e não recebeu nenhuma preposição por escrito do governo do estado. O representante da APLB afirmou ainda que quatro professoras morreram e centenas de outros educadores passam necessidades desde que tiveram os salários cortados. “O governo diz que não tem dinheiro, mas contrata Jorge Portugal por mais de R$ 1,5 milhões”.

Essa foi a deixa para que Marcelo Nilo entrasse ao vivo por telefone. Mesmo em Brasília numa missão oficial, o deputado saiu em defesa do governo Wagner. “Independente de qualquer acordo, existe uma lei que foi aprovado pela Assembleia e que, inclusive, foi aplaudida pelos professores (…) Na verdade, a APLB perdeu o controle da greve. Rui virou presidente rainha da Inglaterra. Além do mais, a greve é só na capital”.

Ano letivo prejudicado – Rui Oliveira rebateu: “acho até louvável a preocupação do presidente. Mas, essa conversa tem que ser feita com o poder Executivo. Agora, se não há greve porque toda essa preocupação?”. Nilo retrucou: “saiba que Wagner é o maior democrata que conheci na vida”. Neste momento, a conversa se transformou numa bate-boca que só foi amenizado com a intervenção do apresentador Zé Eduardo.

Depois que a “ordem” foi restabelecida, Rui Oliveira fez duas perguntas ao “advogado” de Jaques Wagner. “O Sr. sabe quando foi que um representante legítimo do governo sentou para conversar com o sindicato? Além disso, o Sr. pode afirmar com segurança que o projeto aprovado reajustou realmente o salários dos professores em 22%?”. O presidente da Assembleia não deu respostas conclusivas. Disse apenas que Rui era um homem inteligente e que não sabia porque nunca foi eleito vereador de Salvador. “Da mesma forma que você nunca foi governador”, contragolpeou o sindicalista.

Por fim, ao ser questionado por Zé Eduardo, o coordenador da ALPB confirmou que o ano letivo está prejudicado. Mas, que se houver um acordo rápido, a situação pode ser resolvida com aulas de reposição nos meses de janeiro e fevereiro durante o período de férias escolares.

Criação: Bocão News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo