Cotidiano

Rui explica demora na construção da ponte Salvador-Itaparica: ‘Eles têm um ritual’

Em uma reunião com a imprensa nesta segunda-feira (20), o governador Rui Costa (PT) justificou a demora para o início da construção da ponte Salvador-Itaparica e do Sistema Viário Oeste (SVO). Segundo o petista, faz parte da “cultura” dos chineses, principais interessados no projeto, que os temas sejam conversados e reafirmados “duas, três vezes”:

“Eles têm um ritual. Assuntos que já foram tratados pelo corpo técnico têm que ser reafirmado a eles pelo próprio governador. Às vezes é preciso falar a mesma coisa duas, três vezes. É a cultura deles. Temos que respeitar”

Rui, no entanto, reforçou a “viabilidade econômica” da ponte e disse estar confiante no potencial “desenvolvimento” que será levado ao município, assim como teria acontecido com a Rio-Niterói.

“Não tenho nenhuma dúvida sobre a viabilidade econômica da ponte. Vai acontecer aqui o que aconteceu com aponte Rio-Niteroi: levou desenvolvimento ao município”, afirmou.

Ao menos duas grandes empresas da China estão interessadas em concorrer à licitação para construção da ponte Itaparica-Salvador e do Sistema Viário Oeste (SVO): a China Communications Construction Company (CCCC) e da China Railway Group Limited (Crec). Foi requisitado pelas corporação ao governo baiano, a estimativa do fluxo de tráfego de carros na ponte, para calcularem o retorno com o projeto. Bahia.Ba.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar