BrasilGeral

Rui diz que Neto caiu no ‘desespero eleitoral’ ao criticar Educação da Bahia

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), disse nesta terça-feira (1º) que o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), caiu no “desespero eleitoral” e começou a “falar bobagem” ao criticar a Educação do estado.

“Se não fosse trágico, seria cômico esse tipo de comportamento. O que sinto é que o Município foi governado por oito anos e ele sequer assumiu o ensino fundamental. As pessoas resolvem cair no desespero eleitoral e começam a falar bobagem”, afirmou Rui.

Neto teceu críticas ao governo estadual em entrevistas à imprensa local e em vídeos compartilhados em suas redes sociais, já em tom de campanha para a disputa ao governo da Bahia em 2022.

“Hoje [a Educação da Bahia] é considerada uma das piores de todo o país, seja pelas condições da infraestrutura ou da qualidade de ensino. Se a gente quer uma Bahia melhor, precisamos mudar essa triste realidade que atinge o futuro de nossas crianças e adolescentes”, disse o presidente nacional do DEM.

Complementando sua crítica a fala de Neto, Rui avaliou a gestão do ex-prefeito de Salvador e o acusou de não ter investido em creche para a população e também não ter focado na alfabetização dos moradores da capital baiana.

“Fico impressionado como as pessoas resolvem falar aquilo que não fazem ou não fizeram enquanto foram prefeito. Chega a ser ridículo. Se Salvador tivesse tido excelência em gestão de Educação, tivesse ensino fundamental, toda uma rede de creche, poderia falar. Mas o beabá, que é a garantia a alfabetização para toda a população, não fez. Garantir ensino fundamental, não faz e não fez. Não tem creche. Se não fossem as creches comunitárias de Salvador, coitadas das crianças”, disparou o governador.

E acrescentou: “É melhor ele começar a falar o que ele vai fazer ao invés de ficar analisando o que ele não fez. Fico realmente perplexo. Não sei se é o vírus do Bolsonaro ficar contaminando essas pessoas”.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo