Cotidiano

Rui Costa: ‘Se o governo federal atrapalhar menos, está perto de acabar essa agonia’

Governador da Bahia, Rui Costa (PT), voltou a criticar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pela condução do país durante a pandemia do novo coronavírus. Em viagem no município de Catu, na região metropolitana de Salvador, Rui responsabilizou o governo federal pelo Brasil ter o segundo maior número de mortes pela doença no mundo.

“Se o governo federal atrapalhar menos, a gente está perto de acabar com essa agonia com a vacina. Eu digo atrapalhar menos, porque se o Brasil hoje, pelo desastre da condução do governo federal, é o segundo país em número de mortes [por Covid-19], nós corremos o risco de ser o último a começar a vacinação. Porque o país campeão em número de mortes, que é os Estados Unidos, já começou a vacinar”, criticou Rui Costa.

O chefe do Executivo estadual também pontuou que outros países da América do Sul, como Argentina e Chile, também já iniciaram as campanhas de imunização e lamentou que “o país esteja ficando para trás”.

“É uma vergonha. Por que isso está acontecendo? Por que nós temos um governo federal incapaz de governar o país e um governo federal que se sustenta na base da polêmica, e eu diria, na pregação da ignorância, da negação da ciência, e está levando a um desastre, não só do ponto de vista de saúde, ao desastre econômico e social”, completou.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo