Geral

Rui Costa determina corte de R$ 1 bilhão no orçamento da Bahia em 2016

Corte vai afetar secretarias da Saúde, Educação e Segurança Pública.

Para garantir o pagamento dos salários dos servidores em dia e a manutenção dos investimentos em áreas prioritárias, o governador Rui Costa decretou, ontem, o contingenciamento de mais de R$ 1 bilhão no orçamento estadual de 2016. O texto será publicado hoje do Diário Oficial do Estado.

A medida integra um pacote de ações do governo iniciada ainda em 2015 com o objetivo de garantir o equilíbrio fiscal do estado. De acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), a crise econômica que afeta todos os estados brasileiro também resultou em perdas para a Bahia em 2015.

RUI COSTA - EDUCACAO

O ICMS, embora tenha tido desempenho melhor que os demais estados, cresceu menos que a inflação, registrando queda real de 2,69%. Além disso, o repasse de janeiro do FPE (Fundo de Participação dos Estados),  segunda principal fonte de receita da administração estadual, caiu R$ 100 milhões em comparação com o mesmo período do ano passado.

Em termos reais, considerando a inflação de 2015, a perda equivale a R$ 170 milhões. Para este período, o governo do estado já havia adotado medidas de contingenciamento que resultaram na economia de R$ 256 milhões com custeio, conforme Rui Costa havia projetado durante a reforma administrativa na transição de governo.

O decreto de hoje estabelece corte de R$ 1.037.215.000 no Orçamento do Poder Executivo do exercício de 2016 e tem caráter cautelar, ou seja, evita que as secretarias e órgãos utilizem recursos que comprometam o equilíbrio fiscal do estado.

O contingenciamento, no entanto, não interfere nos recursos próprios das secretarias da Saúde, Educação e Segurança Pública, áreas consideradas prioritárias pelo governador. O decreto, que entra em vigor hoje, estabelece cortes nas fontes próprias e em operações de créditos e de programas em 29 secretarias ou órgãos.

Veja mais

Ministro diz que cortes no orçamento serão anunciados nesta sexta

Dilma reúne equipe no domingo para definir corte no Orçamento

IBGE cancela contagem da população após corte no orçamento de 2015

Serão responsáveis pelo cumprimento da medida secretários de Estado, titulares dos órgãos diretamente subordinados ao governador e  dirigentes das autarquias, fundações e empresas estatais dependentes. Correio24h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo