Entretenimento

Rômulo Arantes Neto perde ação contra Google por causa de vídeo íntimo

briga de Rômulo Arantes neto contra o Google acabou em derrota para o rapaz. A 19ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio julgou improcedente o recurso do ator que pedia indenização de R$ 250 mil por danos morais, por conta de um vídeo íntimo que circula na internet.

Nas imagens, é possível ver Rômulo se masturbando diante de uma webcam. O vídeo se tornou público desde 2001.

Segundo o colunista Leo Dias, o desembargador não concedeu a indenização, afirmando que o próprio ator teria vazado a peça.

 

Nenhuma das partes envolvidas, Google ou Rômulo Arantes Neto, se pronunciaram sobre o caso.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar