Bahia

Riachão: Locutor oficial de campanha já foi agredido três vezes em oito dias

O locutor oficial da candidata à prefeita de Riachão do Jacuípe Tânia Matos (PDT), Roni Santos, foi agredido na noite do último domingo (15) e já computa três agressões em menos de oito dias. O profissional, que costuma usar o microfone do carro de som da campanha da coligação “Por um Riachão Mais Feliz”, foi espancado por dois homens por volta das 20h do domingo. De acordo com o site Interior da Bahia, o locutor retornava de um evento político quando foi surpreendido pelos agressores, que chegaram em uma moto, próximo à sua residência. Na ação, a vítima levou socos e pontapés e sofreu várias escoriações pelo corpo, principalmente no braço e na cabeça. “Eu já estava muito perto de casa, eles me abordaram, foram muito agressivos. Só não entendia tal brutalidade! Comecei a gritar solicitando por socorro e eles insistiam me batendo”, relatou. O locutor prestou queixa na Delegacia de Polícia da cidade. O juiz eleitoral da comarca, Arnaldo Franco Freire, já teria pedido o boletim de ocorrência e deverá se pronunciar sobre o caso. No último sábado (14), Roni já tinha sofrido uma tentativa de agressão quando estava na feira livre da cidade. Segundo ele, um dos que tentaram agredí-lo seria filho do motorista do atual prefeito Lauro Falcão (PMDB). O gestor não disputa as eleições este ano, mas apoia a candidatura da médica Gleide Márcia Dórea (PCdoB). Já na semana passada, o locutor foi agredido pela primeira vez, prestou queixa na unidade policial e foi recebeu atendimento em um hospital de Riachão do Jacuípe. Ele não conseguiu identificar os autores da agreessão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo