Entretenimento

Reynaldo Gianecchini fala sobre câncer e fama de gay em livro com capítulo dedicado à Bahia

Uma vida acompanhada pelo Brasil inteiro, que daria um filme, vai virar livro. “Giane – Vida, Arte e Luta”, escrito pelo jornalista Guilherme Fiuza, conta as memórias do ator Reynaldo Gianecchini, que venceu a luta contra um câncer no sistema linfático e já está de volta às telinhas, na novela Guerra dos Sexos. A doença, é claro, é um dos principais temas do livro, porém não o único. Além de fatos importantes da vida e carreira do ator, Fiuza, que também escreveu “Meu Nome Não é Johnny”, se preocupou em destacar polêmicas, como os rumores sobre a opção sexual de Gianecchini e o suposto caso com o filho de Marília Gabriela. Um outro capítulo trata da especial relação de Giane com a Bahia. De passagem por Salvador, para um trabalho no Festival de Verão, ele encontrou Preta Gil, que ficou de lhe apresentar ao Carnaval. “A Bahia, vamos combinar, é a revelação libertadora de Giane, pois ele foi sempre um soldado, com disciplina férrea, e não viveu a juventude”, diz Fiuza. “Na Bahia, ele desbundou”. Com informações do Correio24Horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo