Cidades

Repórter que gravou vídeo de Carol Muniz é demitido da Globo, diz colunista

carol munizUm repórter esportivo da Globo foi demitido nesta sexta-feira (10) depois de uma confusão com Carol Muniz, ex-namorada do presidente eleito da CBF, Marco Polo Del Nero. A informação é do colunista Leo Dias, do Extra. Segundo Dias, o clima na emissora ficou ruim para o repórter porque ele foi o responsável por filmar e divulgar um vídeo íntimo em que Carol aparece com os seios de fora e fala em alusão a Del Nero, dizendo que o que a atraiu para ele “foi o poder”. “Não gosto de cara de academia, malhado. Gosta de homem que eu admire”, disse a ex-musa do Bahia sobre Del Nero.
 
O nome do repórter, que chega a ser escutado no vídeo, não foi divulgado. Segundo o colunista, ele é conhecido na Globo por ser mulherengo e foi demitido hoje porque o clima entre CBF e Globo piorou por conta do episódio. Carol se pronunciou pelo Instagram sobre o ocorrido. “Eu continuo e vou continuar acreditando no BEM! (…) Mas precisamos sempre lembrar que vivemos um mundo que algumas ‘pessoas’ (ou seriam, ratos?) SÃO DO MAL”. E acrescentou: “Agora todo mundo já sabe quem foi o criminoso disfarçado de jornalista que me filmou.
 
E sim, vocês todos que já sabem, estão certos! Foi esse TRASH mesmo! Sem escrúpulos, sem vergonha nenhuma, um ser ‘humano’ sem nenhum valor! Estudou para fingir ter uma graduação de jornalismo pra agir de má fé… de péssima fé”, detonou, sem citar o nome do repórter. Ela classificou o ato de “desumano” e agradeceu o apoio que tem recebido. “Que atitude baixa! Enfim, eu me mantenho forte, serena e de cabeça erguida! Como estou agora!”. E ainda provocou: “Queria eu ter filmado o que ele me pediu para fazer com ele”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo