Geral

Regime alimentar para emagrecer

alimentos-saudaveisTambém é importante notar que regimes rápidos para emagrecer não necessariamente resultam em emagrecimento a longo prazo. Reduzir o suprimento de alimentos ao corpo faz com que ele estoque gordura como resposta à fome quando a alimentação normal retornar. Isso significa que regimes rigorosos para emagrecimento rápido ocasionam perda de peso a curto prazo, mas geralmente ganho de peso posterior, uma condição conhecida como efeito sanfona.
Regime de pouca gordura para emagrecer
Os regimes para emagrecer que encorajavam as pessoas a comer alimentos com pouca ou nenhuma gordura, mas com carboidratos, foram populares durante as décadas de 80 e 90. Esses regimes orientavam as pessoas a comerem menos alimentos com pouco valor nutricional (“junk food”) e lanches com doces e, ao invés disso, optar com comidas ricas em fibras e com poucas calorias como frutas e verduras.
Muitas pessoas vieram a acreditar, em parte devido às informações passadas pelos proponentes das dietas com pouca gordura, que carboidratos eram “comida energética” e que somente gordura engordava. Isso levou muitos a consumirem grandes quantidades de alimentos com pouca gordura mas muito carboidrato refinado, o que ocasionava ganho de peso. Alguns regimes de pouca gordura eram mais saudáveis, focando no consumo de grãos integrais, frutas e verduras. Porém, até esses regimes não reconheciam a importância de certos tipos de gordura essenciais como os ácidos graxos.

Regimes populares para emagrecimento

Os regimes populares, algumas vezes chamados pejorativamente de dietas da moda, geralmente devem sua fama a artistas famosos. A maioria desses regimes tem um período curto de popularidade, uma vez que novos livros de regime para emagrecer estão sendo constantemente publicados.

Julgar a eficiência, e mérito nutricional, dos regimes populares para emagrecimento pode ser difícil. Os proponentes desses regimes para emagrecer geralmente descobrem profissionais médicos para dar suporte ao seu trabalho. Alguns regimes para emagrecer são tão controversos que dividem a comunidade médica.
Alguns regimes populares para emagrecimento defendem a combinação de uma técnica específica (como eliminar um certo grupo de alimentos ou combinação de comidas) com a redução da ingestão de calorias. Outros regimes ignoram totalmente a ciência tradicional.

Regime de Atkins
(dieta pobre em carboidratos)

O regime para emagrecimento proposto pelo Dr. Robert Atkins defendia que a pessoa podia emagrecer comendo quantidades significativas degordura e proteína e restringindo o consumo de carboidratos. Esse regime foi originalmente concebido para pacientes com diabetes que desejavam controlar seus níveis de insulina mais eficientemente.

Muitas pessoas experimentaram emagrecimento inicial rápido com o regime de Atkins, alguns dos quais devido ao esvaziamento dos estoques de glicogênio. A perda de glicogênio está associada à perda de água, uma vez que o corpo armazena até 4 gramas de água para cada grama de glicogênio.

Regimes alimentares vegetarianos
Há evidência crescente que os regimes alimentares vegetarianos podem prevenir aobesidade e diminuir o risco de doenças. Em média, pessoas que seguem um regime alimentar vegetariano são mais magras.

Regimes de muito poucas calorias

Os regimes de muito poucas calorias são prescrevidos para pacientes obesos. O consumo diário consistem em três bebidas tipo “shakes” com fórmulas que suprem em torno de 500calorias e as vitaminas e sais mineraisnecessários.
Há vários riscos associados a esse regime. Um paciente que ingerir mais da bebida do que é permitido pode consumir muito ferro e selênio. Aconstipação também é um problema e pode ser necessário ingerir água extra ou laxantes. Osistema imunológico pode ser comprometido e muitas vezes esse regime ocasiona a formação decálculo biliar.
Devido aos riscos à saúde, esse regime de emagrecimento rápido só deve ser receitado para pacientes com índice de massa corporal superior a 30 e ter acompanhamento médico regular.
O regime de muito poucas calorias pode ser usado com sucesso durante o período de 6 a 12 semanas. Como todos os regimes radicais, o metabolismo cai. Um programa sensato de dieta e exercício deve seguir-se ao final do regime de muito poucas calorias, ou então o peso perdido será recuperado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo