Cotidiano

Recuperado da Covid-19, Branco admite que teve medo de não voltar para casa

O ex-jogador Branco deixou o hospital há uma semana após se recuperar da Covid-19. Depois de 15 dias internado em uma UTI, o atual coordenador da base da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), declarou em entrevista ao jornal O Globo que teve medo de não reagir contra a doença.

“Se não fosse minha esposa, Cleo Pozzebon, estaria morto. Estava muito mal em casa, com febre e baixa oxigenação do sangue. Ela prestou os primeiros socorros. Quando entrei na ambulância, fiquei com medo”, declarou Branco.

“Pensei que poderia não voltar para casa, ver meus filhos. Confiei nos médicos e em todos que cuidaram de mim”, completou o ex-atleta, tetracampeão mundial com o Brasil em 1994.

Ele ainda completou sobre como lidou com a recuperação e aproveitou para reforçar a mensagem de cuidado e segurança contra o vírus. 

“Quando saí da intubação e fui retomando minha consciência, refleti muito sobre a minha vida, minhas conquistas e de quanto sou grato por tudo. Não queira passar pelo o que eu passei. Cuidem-se. Vacinem-se”, finalizou.

Bahianoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo