Esportes

Ramos pediu para deixar o Real após briga com Florentino Pérez: “Me paga que vou embora”

O clima entre Sergio Ramos e Real Madrid parece ter chegado ao limite. De fora do confronto de volta das oitavas de final da Champions League contra o Ajax por conta de suspensão, o zagueiro e capitão do Merengue assistiu à eliminação da sua equipe, após derrota por 4 a 1 para os holandeses, de um dos camarotes do Santiago Bernabéu, e após a partida discutiu com o presidente Florentino Pérez nos vestiários. Na ocasião, teria pedido para deixar o cube, segundo publicado pelo jornal espanhol AS, de Madri.

Ramos foi suspenso por dois jogos na Champions League por ter forçado um cartão amarelo na partida de ida contra o Ajax, e por isso acompanhou a partida de um dos camarotes do estádio.

O defensor, inclusive, aproveitou o momento para gravar um documentário sobre a sua vida, o que deixou alguns dos torcedores que estavam no Bernabéu bastante irritados. Ao fim da partida, desceu aos vestuários para encontrar os seus demais companheiros, e lá também estava Florentino Pérez.

O mandatário teria então reclamado com os jogadores, em voz alta, pela eliminação. Foi então que Ramos interviu e culpou o dirigente pela temporada ruim que o Real Madrid vem fazendo, ainda dizendo: “Me paga que vou embora”, uma clara evidência quanto à sua insatisfação no Merengue.

Em sua 14ª temporada consecutiva no Real Madrid, Ramos vem sendo bombardeado de críticas pela imprensa espanhola e pela torcida. A relação ficou ainda pior após a suspensão na Champions. Na atual campanha, tem 39 partidas disputadas e 11 gols anotados.

Foxsports

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo