CotidianoGeral

Quase 5 mil juízes recebem pagamentos retroativos de auxílio alimentação

PRATO COMIDADecisão do Tribunal de Contas da União (TCU) abriu as portas para que 4,9 mil juízes federais e trabalhistas recebam pagamentos retroativos de auxílio-alimentação. Em todos os órgãos da Justiça Federal, foi suspensa a proibição para o pagamento do benefício, em parcelas correntes e atrasadas, o que deve gerar uma conta de R$ 312 milhões aos cofres do órgão federal. Em decisão sigilosa, em agosto de 2012, os ministros do TCU deram sinal verde para pagamentos retroativos do benefício nos tribunais superiores. O Conselho Nacional de Justiça permitiu o pagamento do auxílio-alimentação a juízes, ao equipará-lo a um benefício dado a integrantes do Ministério Público, e os ministros do TCU entenderam que também teriam direito ao auxílio, em razão da equiparação com os ministros do STJ. Com base no procedimento secreto, os ministros se permitiram receber a regalia a partir de 2004. Cada ministro recebeu R$ 35 mil, em média, de auxílio-alimentação, referente aos últimos oito anos. Informações de O Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo