Cotidiano

PT reserva R$ 130 milhões para os dois turnos da campanha de Lula

O diretório nacional do PT estabeleceu, nesta quinta-feira (30), a distribuição dos recursos do fundo especial de financiamento de campanha.

Para este ano, a cota total do PT é de R$ 499.297 milhões, o que correspondente a 10,07% do fundo. Pela regra, o comitê de campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá direito a 26,03% do fundo do partido, o que representa pouco mais de R$ 130 milhões para os dois turnos.

Segundo a regra definida pelo partido, as mulheres terão direito a 30%, R$ 149,88 milhões, divididos entre as candidatas aos diferentes cargos.

Para os candidatos a deputado federal, o percentual é de 29,41%, o equivalente a cerca de R$ 147 milhões.

Os deputados federais que concorrerão à reeleição reivindicam uma cota individual de pelo menos R$ 2 milhões, mesmo valor a ser reservado aos dirigentes nacionais do PT do sexo masculino que venham a disputar uma vaga na Câmara de Deputados.

Pela fórmula, os candidatos a governador terão, ao todo, R$ 41,7 milhões.

A fatia para os candidatos a deputado estadual será de 2,42%, pouco mais de R$ 12 milhões. A parcela a ser distribuída aos candidatos ao Senado será de 2,48%.

Resolução do comando permite que seja feito remanejamento desses recursos pela executiva nacional do partido, desde que se respeite o teto do TSE.

Bahia.ba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo