Cotidiano

PT questiona credibilidade de pesquisa da TV Bahia: “Não vamos dar ibope ao IBOPE”

Um dia após a candidata Major Denice Santiago defender a divulgação da pesquisa IBOPE, encomendada pela TV Bahia (Globo), o PT de Salvador resolveu questionar a credibilidade do levantamento. Os números, que chegaram a ter divulgação embargada por uma decisão da Justiça Eleitoral após ação do candidato Pastor Sargento Isidório (Avante), foram ao ar nesta sexta-feira (30). Segundo o partido, a pesquisa “tem causado estranhamento entre especialistas e políticos”. “O motivo é o fato dos dados serem bem diferentes de outros levantamentos e pela semelhança com pesquisas anteriores feitas pela emissora”, diz uma nota divulgada na tarde deste sábado (31).

Para o presidente do PT de Salvador, Ademário Costa, “a pesquisa segue o que foi visto em outras eleições nas quais candidatos carlistas apareceriam com grande vantagem nos levantamentos da TV Bahia/Rede Globo, mas perderam no primeiro turno com grande diferença”. 

“Não vamos dar ibope ao IBOPE porque eles têm um histórico de levantamentos estatísticos tendenciosos. Foi assim que tentaram fazer nas eleições com Wagner e Rui e nós ganhamos com grande vantagem no primeiro turno”, disse, no comunicado, que segue com críticas ao canal da família do prefeito ACM Neto (DEM).

“Para nós da esquerda isso representa outra coisa: desespero, porque a nossa candidata Major Denice cresceu na intenção de voto; desespero porque estamos com uma campanha mais bonita nas ruas de Salvador, junto com o governador que fez mais pela capital que o prefeito com 8 anos de mandato; desespero em pensar que há uma possibilidade concreta do candidato do presidente nacional do DEM, que é base aliada de Bolsonaro, presidente rejeitado por 62% da população de Salvador, perder as eleições na capital da resistência e de luta contra o autoritarismo carlista.  É isso que representa essa pesquisa do IBOPE da TV Bahia: desespero. Para que tá feio! Salvador cansou de enganos e manipulação”, completou.

O canal conseguiu suspender o embargo durante a noite de sexta, após protoclar um recurso. A pesquisa aponta vitória do candidato Bruno Reis (DEM) na disputa pela prefeitura de Salvador ainda no primeiro turno. Desta vez, o democrata aparece com 61% das intenções de votos no cenário estimulado – quando os nomes dos candidatos são ditos aos entrevistados.

Na sequência, surgem os candidatos Major Denice Santiago, com 13%; Olívia Santana (PCdoB), com 7%; Pastor Sargento Isidório, com 5%; Bacelar (Podemos), Cézar Leite (PRTB) e Hilton Coelho (PSOL), empatados com 1%; Rodrigo Pereira (PCO) e Celsinho Cotrim (PROS) não pontuaram. Brancos e nulos somam 6%, enquanto não souberam ou não respoderam registram 4%. Bruno também aparece na frente na pesquisa espontânea e vence em todas as simulações de segundo turno.

A pesquisa foi encomendada está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número de identificação 06917/2020 e o nível de confiança é de 95%, com margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos. Foram ouvidos 602 eleitores de Salvador entre os dias 28 e 29 de outubro.

Bnews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo