Cidades

PT quer aproximação com diretórios estudantes para reduzir influência de Bolsonaro

O Partido dos Trabalhadores quer se aproximar de diretórios estudantis para minar o potencial do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) entre a juventude.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera na disputa pelo cenário, mas quando o petista sai da corrida, parte do apoio dos jovens migra para Bolsonaro.

De acordo com a coluna Painel, da Folha, a estratégia de se reconectar com diretórios estudantis – onde o PSOL passou a ter presença forte – vem ao perceber que entidades como a União Nacional dos Estudantes (UNE) perde representatividade entre parte dos estudantes.

Na última pesquisa Datafolha, publicada em outubro, Bolsonaro alcança melhor índice entre os eleitores de 16 a 24 anos: 24%. Lula também tem sua melhor marca entre o grupo, com 38%. Sem Lula na disputa, Bolsonaro cresce para 27%.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios