Cotidiano

PT cancela eleições em 10 cidades paulistas por suspeita de fraudes

A Executiva Estadual do PT de São Paulo decidiu cancelar o Processo de Eleições Diretas (PED) em dez cidades onde há suspeitas de irregularidades nas votações. Em quatro delas (Arandu, Uchoa, Brotas e Platina) foram detectados indícios de votos atribuídos a filiados que já morreram. As outras cidades onde há indícios de irregularidades são Mirassol, Lençóis Paulista, Irapuã, Nipoã e Ariranha.

A Executiva do PT paulista negou recursos referentes a possíveis fraudes em Guarulhos e em outras 99 cidades onde a lisura da votação também é contestada por integrantes de correntes minoritárias do partido.

Embora o presidente nacional do PT, Rui Falcão, tenha decretado na semana passada que as listas de votação suspeitas sejam, obrigatoriamente, tornadas públicas, o PT de São Paulo rejeitou recurso da corrente Optei para ter acesso a 99 delas.

Integrantes da direção estadual do PT alegaram que a decisão de Falcão não é válida porque não foi aprovada pelo Diretório Nacional da sigla. “O PED aconteceu em 387 cidades. Cerca de 20 recursos pediram a anulação do resultado. Isso não compromete o processo”, disse o secretário estadual de Comunicação, Aparecido Luiz da Silva.

Estadão

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo