Cidades

Promotor de Justiça diz que desembargadora tem cara de empregada

O promotor de Justiça Rogério Zagallo, em seu Facebook, voltou a escrever comentários preconceituosos, mesmo após já ter sido punido por incitar violência policial contra manifestantes, em São Paulo. Neste domingo (8), em seu Facebook, Zagallo disse que a desembargador Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) tem cara de empregada doméstica.

O comentário foi feito num post do advogado Caio Arantes, que havia compartilhado uma notícia sobre a desembargadora Encarnação das Graças Salgado, acusada de ligação com facção criminosa. Zagallo comentou: “Pela carinha, quando for demitida poderá fazer faxina em casa. Pago R$ 50,00 a diária”.

O promotor é titular do 5º Tribunal do Júri de São Paulo, que investiga crimes contra a vida. Zagallo já foi suspenso por 15 dias por ter postado mensagem que incitava a violência policial, que foi considerada ofensiva pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP)

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo