BrasilGeral

Profissionais de Enfermagem participam de ato em Brasília para aprovação do piso nacional

Representantes da enfermagem de todo o Brasil se reuniram nesta quinta-feira (5), Dia Nacional da Saúde (5), em frente ao Congresso Nacional para cobrar celeridade na votação do Projeto de Lei 2564/2020, que estabelece um piso salarial nacional para a profissão, fixado para jornada de 30h semanais. O ato “Valorizar a Enfermagem é valorizar o SUS” é promovido pelas entidades do Fórum Nacional da Enfermagem (Aben, Cofen, CNTS, CNTSS, FNE, Anaten e Eneenf), com o objetivo de sensibilizar congressistas, antes e durante a audiência pública sobre o PL, na Câmara dos Deputados.

“Esta é uma causa histórica desta categoria que está na linha de frente do combate à Covid-19, prestando um valoroso serviço à nação. Somente na Bahia, são mais de 144 mil profissionais que arriscam diariamente suas vidas para prestar atendimento em plantões exaustivos e recebendo, em sua grande maioria, baixos salários. Portanto, aprovar o PL 2564 é mais do que um reconhecimento: é proporcionar condições dignas de trabalho para estes profissionais”, afirmou o presidente interino do Conselho Regional de Enfermagem da Bahia, Holmes Filho, que participou do ato acompanhado pelas conselheiras Kátia Gama e Josimari Xavier. 

 “Se dependesse de mim, não era mais um projeto. Era lei”, afirmou o senador Fabiano Contarato (REDE-ES), autor do PL. Ele lamentou a morte da cunhada, técnica de Enfermagem, que ganhava 1 salário mínimo. Na linha de frente do combate à pandemia, os profissionais de Enfermagem estão entre os mais afetados pela Covid-19. São pelo menos 857 óbitos, contabilizados pelo Observatório da Enfermagem.

Dentre outros parlamentares, a deputada federal Alice Portugal (PC do B-BA) participou do ato. Ela esteve ao lado de diversos parlamentares. “A Enfermagem brasileira tem sido aplaudida como heroica na construção da defesa do SUS. Não é possível que os deputados não respondam, que os senadores não respondam ao clamor de milhões de trabalhadores desse país”, disse.

Bahianoticias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo