CotidianoNotícias

Professores da UFRB entra em greve por tempo indeterminado

Lei da mordaça e PEC do teto são os motivos principais da paralisação.

cfp-amargosa
Foto: Magno Bastos
Os professores da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB, aprovaram por unanimidade a paralisação das atividades em assembleia realizada nos dias 19 e 20 de novembro.
A paralisação foi iniciada nesta quinta-feira (24), os professores se juntam aos alunos que já tinham paralisado as atividades em diversos campis da insitituição para protestar contra a reforma do ensino médio, proposta pelo governo Michel Temer através de Medida Provisória e da PEC 55/241 que tramita no senado federal com o objetivo de limitar os gastos públicos por 20 anos – PEC do Teto.
Segundo a APUR (Associação dos Professores Universitários do Recôncavo) na data foi instalado em Brasília o comando nacional de greve. Representantes de 41 seções de sindicais participaram da reunião. A greve dos docentes é por tempo indeterminado.

3 Comentários

  1. Por favor me ajudem, preciso saber se a notícia é verdadeira ou não, pois, quando eu compartilhei no Facebook, a galera pirou dizendo que é falsa, agora não sei o que fazer. E aí é verdadeira ou não? Por quê a apur não diz nada? Quem passou isso para vcs.? Se a assembléia geral começava as dez da manhã? Desde já muito obrigada e aguardo sua resposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo