Cotidiano

Professores da Ufba recusam dar aula a aluno preso por pedofilia

Um professor do curso de medicina da Universidade Federal da Bahia (Ufba), se recusou a dar aula para um aluno que cumpriu três anos de prisão sob acusação de pedofilia. O estudante idenficado como Diogo Nogueira Lima, havia voltado a estudar após uma decisão judicial. Outros professores do curso também aderiram o boicote de ensinamentos ao aluno.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Ufba, a instituição vai entrar em contato com Diogo para sugerir que ele escolhe outro curso dentro da grade da universidade. Os cursos sugeridos seriam os quais ele não tivesse contato físico direto com as pessoas, principalmente crianças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo