Cidades

Procuradoria afirma que Luiz Argôlo usou a própria mãe como laranja

LUIZ ARGOLOO ex-deputado federal Luiz Argôlo (SDD) usou a própria mãe como laranja para receber propina do doleiro Alberto Yousseff. De acordo com a Polícia Federal, o ex-parlamentar baiano, preso nesta sexta-feira (10) na 11ª fase da Operação Lava Jato, também usou o pai para receber o dinheiro proveniente de esquemas de corrupção na Petrobras. Os procuradores do Ministério Público Federal (MPF) concluíram que Argôlo chegou a usar o cargo de deputado para tentar conseguir um financiamento para que Youssef reformasse um hotel de sua propriedade, localizada em Porto Seguro. Para o MPF, o ex-deputado “efetivamente vendeu seu mandato parlamentar” ao doleiro. Foram rastreados pelos menos R$ 2,68 milhões referentes a supostas propinas que foram embolsadas por ele entre 2011, quando teve início o seu mandato de deputado federal, e março de 2014, quando a Operação Lava Jato foi deflagrada. (Metro1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo