Notícias

Primeiro réu acusado de participar do assassinato da juíza Patrícia Acioli vai a julgamento nesta terça-feira

O primeiro acusado de participar do assassinato da juíza Patrícia Acioli, o cabo da Polícia Militar, Sérgio Costa Júnior, será julgado nesta terça-feira (4) pelo Tribunal do Júri de Niterói, no Rio de Janeiro. A previsão é de que o julgamento termine ainda nesta terça. Sérgio Costa foi denunciado por homicídio triplamente qualificado e formação de quadrilha. As penas podem varias de 14 a 36 anos de prisão. Mais dez policiais militares acusados de participação no crime serão julgados posteriormente. Segundo a Defensoria Pública da União no Rio de Janeiro (DPU-RJ), Sérgio manterá, em juízo, a confissão de ter atirado na juíza e que depois se arrependeu. Para ter a pena reduzida, o cabo recorreu à delação premiada, caso seja condenado. A defensoria afirmou que Sérgio levou três testemunhas ao julgamento, e que avaliará quais serão usadas. A irmã da magistrada assassinada, Simone Acioli, afirmou que espera que todos os envolvidos no crime sejam condenados. Para ela, a condenação dos réus “é importante não só para a família, mas também para a Justiça brasileira”. O juiz responsável pelo caso, Peterson Barroso Simão, da 3ª Vara Criminal de Niterói, desmembrou o processo de Sérgio dos demais acusados por ter confessado o crime. No dia 29 de janeiro de 2013, serão julgados Junior Cezar de Medeiros, Jefferson de Araújo Miranda e Jovanis Falcão Junior. Os outros sete réus envolvidos no homicídio aguardam julgamento do recurso contra sentença de pronúncia, que definirá se serão submetidos ao júri popular ou se responderão pelo crime em vara comum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo