Slide

Primavera: por que os casos de rinite aumentam?

RINITEA primavera começa oficialmente às 11h21 desta quinta-feira (22). Só que, além das flores, essa estação significa o aumento de alergias – em especial a rinite sazonal.

“Para evitar que estes sintomas se agravem, devemos manter os ambientes limpos, arejados, fazer boa higienização nasal com soluções salinas e procurar um especialista caso os sintomas se agravem”, disse o otorrinolaringologista do Hospital São Luiz, Dr. Ulisses José Ribeiro, ao portal iG.

O coordenador técnico do projeto social Brasil Sem Alergia, Marcello Bossois, ressaltou que, uma vez que o nariz tem terminações nervosas ligadas aos olhos, é possível que ainda ocorra, por exemplo, uma conjuntivite.

Quem mora em regiões próximas a florestas, nas regiões sudestes e sul, é aconselhado fechar as janelas e usar mais o ar condicionado, porque ele acaba filtrando o pólen. Sem se esquecer de lavar com frequência os filtros do ar para não ter outros problemas”, diz o alergista.Ele ainda aconselha que, durante a primavera, não se seque a roupa ao ar livre. Isso evita que o pólen entre em contato com as peças e previne reações alérgicas.

“Pessoas com hipersensibilidade ao pólen e que sofrem muito com os sintomas na primavera podem realizar uma imunoterapia. A vacina serve para que, quando entrar essa época do ano, não haja o problema”, completa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo