Cidades

Presidente do MST é agredido em aeroporto de Fortaleza; direção repudia agressão

JOAO PEDRO STEDILEO presidente do Movimento Sem Terra (MST), João Pedro Stedile, foi agredido no aeroporto de Fortaleza, na noite de terça-feira (22). A Direção Nacional do se manifestou, por meio de nota, nesta quarta-feira (23), e classificou o ato como “reflexo do atual momento político” do país e é “mais uma demonstração da violência dos setores da elite brasileira”. “Em que se vê crescer a cada dia o ódio contra os movimentos populares, migrantes e a população negra e pobre, como os recentes acontecimentos no Rio de Janeiro, em que a juventude das favelas etá sendo impedida, com risco de sofrer agressão, de ir às praias da Zona Sul da capital fluminense”, diz a nota.

Apesar das agressões, a direção do MST assegurou que essas atitudes não serão capazes de tirar os sem-terra da luta pela Reforma Agrária e pelos direitos sociais. “Não aceitaremos que nenhum militante dos movimentos populares sofra qualquer tipo de agressão ou insulto por defender e lutar por justiça social”, continua o texto da direção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo