Esportes

Presidente da CBF mantém Mano no cargo: ‘Não é hora de procurar responsável’

Após o Brasil perder para o México nos Jogos Olímpicos de Londres e ficar com a medalha de prata, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, acredita que o momento é de “reflexão”. O dirigente garantiu que Mano Menezes segue no comando da Seleção Brasileira e afirmou que não é hora para procurar culpados.

– Não é momento de se procurar responsável por isso ou aquilo. É um momento de muita calma, muita reflexão. O grupo é comprometido. Na hora do sucesso estamos juntos. Quando não alcançamos os objetivos, temos de estar juntos da mesma maneira – afirmou em entrevista ao Sportv.

O dirigente está em Estocolmo, na Suécia, onde o Brasil enfrenta a Seleção da casa em amistoso, na próxima quarta-feira (15).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo