Cidades

Presidente da Anatel sugere TV por assinatura mais barata para classes D e E

TV FECHADA - CONTROLEO presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende, sugeriu que as operadoras de televisão por assinatura criem pacotes reduzidos e destinados a clientes das classes  D e E. “É preciso que haja discussão sobre isso”, disse ele nessa terça-feira (4), durante a abertura da Feira e Congresso da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA), promovida na capital paulista. Rezende destacou, porém, tratar-se apenas de uma “provocação” ao setor, pois a Anatel não irá interferir nessa questão.

Para o presidente da ABTA, Oscar Simões, a sugestão é difícil de ser implantada porque envolve custos elevados. “O negócio da TV por assinatura tem dois níveis de investimento. Primeiro você investe em uma infraestrutura, investindo na rede e no call center. Na sequência, há um outro custo importante que é o chamado custo de aquisição de assinante.

Para eu colocar um assinante para dentro da minha base é preciso fazer investimento de marketing, comprar equipamento e pagar uma pessoa [para ir] à casa desse assinante fazer a instalação”, explicou à Agência Brasil. Segundo ele, se o pacote custar em torno de R$ 15, por exemplo, com os altos custos para o setor, seriam necessários até 40 meses para que os empresários recuperassem somente o custo de aquisição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo