Geral

Prefeitura já fez mais de 13 mil testes rápidos em bairros com restrições

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) já realizou 13.660 testes rápidos para detecção do coronavírus no Nordeste de Amaralina, Águas Claras e Santa Cruz, que resultaram em 4.379 casos confirmados da doença. As três localidades seguem com medidas restritivas em andamento pelo menos até o próximo sábado (26). Até lá, a Prefeitura decidirá se prorroga ou não as ações regionalizadas nesses locais.

Desses três bairros, o Nordeste de Amaralina lidera o número registros de diagnósticos da Covid-19, motivo pelo qual a gestão municipal vem mantendo, desde o dia 10 de julho, as operações de enfrentamento à pandemia em toda a região. A localidade soma 7.903 testes rápidos feitos, sendo que 2.540 deram positivos.

Já em Santa Cruz, desde o dia 8 de agosto, a SMS realizou 3.518 testes, totalizando 1.340 resultados positivos para o coronavírus. Em Águas Claras, desde o dia 31 de agosto, foram aplicados testes em 2.239 pessoas, com 499 delas positivadas.

A testagem rápida ocorre de forma simples e prática, sendo feita pela amostra de sangue coletada do dedo do paciente. Técnicos da SMS fazem a triagem para identificação dos indivíduos com sintomas gripais. Logo depois, uma amostra laboratorial é recolhida e analisada pelos profissionais em até 30 minutos.

O resultado é encaminhado ao paciente via mensagem de texto no celular. Em caso positivo, a pessoa é orientada a iniciar o isolamento domiciliar e a SMS entra em contato com a pessoa para realizar as devidas orientações e medidas de controle.

Fiscalização – As atividades econômicas no Nordeste de Amaralina, Águas Claras e Santa Cruz funcionam com limitações, em horário das 10h às 16h, obedecendo a todos os protocolos de segurança para conter a disseminação da Covid-19.

Seguem liberados para funcionar em qualquer horário apenas estabelecimentos que prestam atendimentos essenciais, tais como supermercados, açougues, farmácias, padarias, agências bancárias e lotéricas, repartições públicas e cartórios, clínicas veterinárias, serviços de imagem radiológica, atendimentos de tratamento contínuo (oncologia, hemoterapia e hemodiálise) e laboratórios de análise clínica.

A fiscalização é feita diariamente pela força-tarefa coordenada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur). Segundo balanço do órgão, no Nordeste de Amaralina já foram feitas 5.6 mil vistorias e mais de 60 interdições em estabelecimentos que descumpriram os protocolos de funcionamento. Em Santa Cruz, os fiscais fizeram 2.6 mil vistorias e efetuaram 28 interdições. Águas Claras, por sua vez, contabiliza 4,2 mil vistorias e 22 interdições.

Desinfecção – A desinfecção das ruas e espaços públicos também faz parte do pacote de medidas da Prefeitura para conter a disseminação do novo coronavírus. O trabalho é feito por agentes da Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb), que utilizam equipamentos de proteção individual (EPIs) e pulverizadores costais para aplicação de hipoclorito de sódio nas vias.

No Nordeste de Amaralina, a Limpurb já fez 488 intervenções, beneficiando localidades como a Rua Pará, Travessa Balneara e Rua Miguelito. Em Águas Claras, 185 ações de higienização em logradouros públicos foram feitas, com atendimentos nas ruas Petrópolis, Dr. Jorge Costa Andrade e São João.  Em Santa Cruz, 514 operações para desinfecção foram realizadas. A iniciativa beneficiou locais como as ruas da Paz, 11 de Agosto e Sucupira.

Social – Outro serviço disponível para a população durante as ações de proteção à vida é o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Itinerante. Por meio da iniciativa, o cidadão recebe orientações sobre Benefícios Eventuais, a exemplo de auxílio-moradia e auxílio-natalidade; sobre Cadastro Único e Bolsa Família; além de outros benefícios socioassistenciais como o programa municipal Salvador por Todos e auxílio emergencial do governo federal.

No Nordeste de Amaralina foram feitos 197 atendimentos e oito encaminhamentos; em Santa Cruz, 192 atendimentos e nove encaminhamentos; e em Águas Claras, 135 atendimentos e 12 encaminhamentos.

Cestas básicas – A Secretaria de Ordem Pública (Semop) distribuiu 460 cestas básicas a ambulantes e feirantes, a fim de garantir a alimentação desses trabalhadores e de suas famílias, enquanto há restrições das atividades comerciais estão em andamento.

No Nordeste de Amaralina foram entregues 118 cestas; em Santa Cruz, 133; e em Águas Claras, 209 unidades, que contêm itens de gênero alimentício e limpeza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar