Salvador

Prefeitura entrega segunda etapa da orla de Amaralina neste sábado (14)

O prefeito ACM Neto entrega neste sábado, às 9h30, a segunda etapa da requalificação do trecho de orla entre Amaralina e Pituba (do Largo das Baianas até a Vila Jardim dos Namorados). A solenidade acontece na Avenida Octávio Mangabeira, número 345 (em frente ao restaurante Ki-Mukeka).

Com essa entrega, Salvador passa a ter a mais longa extensão ininterrupta de orla requalificada da história, compreendendo os bairros da Barra, Ondina, Rio Vermelho e agora Amaralina e Pituba. Isso sem contar vários outros trechos que já foram requalificados, a exemplo do litoral do Subúrbio e da Cidade Baixa, ou passam por obras, como a região de Stella Maris.

O trecho que será inaugurado tem uma extensão de 2,2 quilômetros. Nele, foram implantados quiosques para a venda de coco, equipamentos de ginástica e paraciclos. Próximo à saída da Rua Pará, um pergolado foi projetado para a prática de atividades ao ar livre, como ioga, tai chi chuan e meditação.

Uma ciclovia, implantada entre a Arena Aquática Salvador e a Vila Jardim dos Namorados, vai dar continuidade aos trechos já existentes, possibilitando mais segurança aos ciclistas. Também foram construídas valas técnicas e feitos serviços de drenagem e de pavimentação.

As calçadas foram requalificadas e passaram a ter o mesmo padrão das outras já entregues. Com a reforma, o local ganhou guarda-corpo em aço inoxidável e muretas para a proteção de pedestres, semáforos inteligentes, iluminação em LED e paisagismo.

Primeiro trecho – Vale lembrar que a Prefeitura inaugurou, em agosto, o primeiro trecho da orla de Amaralina, entre o quartel e o Largo das Baianas. As intervenções envolveram a instalação de acessos à praia em todas as paradas de ônibus, além de rampas e escadas, atendendo aos quesitos de acessibilidade universal, entre outras intervenções.

Ainda no primeiro trecho, a Prefeitura construiu a primeira Colônia de Pescadores de Amaralina, requalificou a Praça do Budião e o próprio Largo das Baianas, resgatando a importância turística e histórica do local. Ao todo, o projeto da nova orla Amaralina-Pituba tem 3,3 quilômetros de extensão.

Para os dois trechos, o investimento chega a R$ 45,4 milhões, dentro do Programa de Requalificação Urbanística (Proquali), financiado pela Corporação Andina de Fomento (CAF). Todo o projeto foi elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) a partir da participação popular, por meio de oficinas feitas com moradores da região. Já as obras foram executadas sob a supervisão da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbanismo (Seinfra).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo