CidadesGeral

Prefeito determina preço da carne bovina por decreto

O prefeito Francisco Clidenor (Cidadania), de Lago Verde, no interior do Maranhão, resolveu usar a caneta para determinar o preço da carne bovina nos açougues da cidade. A partir de agora a carne com osso não pode ser vendida acima de R$ 12 o quilo, enquanto a maciça não pode ultrapassar R$ 15.

Ao Estadão, o secretário de Fazenda do município, Geyson Aragão, explicou que é uma ‘questão cultural’ e que todos os açougues do município – cerca de oito – cobram o mesmo preço. A cidade tem 16 mil habitantes.

O secretário disse ainda que vai sugerir ao prefeito a revogação da medida. “Até porque está sendo repercutido no Maranhão todo, mas ninguém está cumprindo no município. ”

Lago Verde se encontra numa região de fazendas com grandes rebanhos. “Conversei com os donos de açougue, e não está tendo boi. Os criadores não vendem a carne. E quando vendem, é com um preço alto. Por isso os açougueiros não conseguem baixar o preço”, ressaltou.

Ainda segundo a reportagem, o prefeito não tem poder para mandar fiscais aos açougues verificar se o decreto está ou não sendo cumprido. Agência Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar