Cidades

Prefeito anuncia possibilidade de retorno do Carnaval na Carlos Gomes em 2016

ACM NETO - CAMAROTE 2222 - 2015O prefeito ACM Neto fez um balanço dos quatro dias do Carnaval de Salvador 2015, durante coletiva realizada no início da tarde deste domingo (15), na Sala de Imprensa Oficial do Carnaval, que leva os nomes da jornalista Maria José Quadros e do escritor João Ubaldo Ribeiro, no Campo Grande (Circuito Osmar). Na ocasião, ele falou que os resultados apresentados até o momento já iniciaram uma reflexão sobre as novidades que a Prefeitura poderá trazer para a edição da folia momesca do ano que vem, a exemplo do retorno da Carlos Gomes ao circuito oficial da avenida. “Até agora a avaliação é muito positiva, temos batido recordes na rua, a exemplo do volume de lixo coletado, o número de veículos nos estacionamentos móveis, isso tudo é uma prévia da vitalidade desta grande festa nossa. As coisas que lançamos este ano já estão consolidadas, como o DJ na Barra, a Vila Gastronômica e a Vila Infantil. Este ano temos alguns blocos que voltam a desfilar na Carlos Gomes, como As Muquiranas e os blocos de samba. Vamos avaliar hoje o desempenho destes blocos para decidir se o trecho retorna ao Circuito Osmar ou fica o atual percurso até a Castro Alves. Mas é algo que vamos pensar já a partir da quarta-feira de Cinzas”, salientou. O prefeito ainda apontou como sucesso o grande número de foliões nas ruas, além da ideia de ampliar a programação do Carnaval. “A quantidade de pessoas foi bem maior do que nos anos anteriores, então vamos ter que ampliar e melhorar ainda mais os serviços. A operação de trânsito, por exemplo, melhorou bastante este ano, a inovação que fizemos com relação aos táxis também ajudou a melhorar bastante o atendimento ao folião. Quanto a programação, já temos o pré-Carnaval e a quarta-feira na Barra (Circuito Sérgio Bezerra), já consolidadas e nossa ideia é de ampliar a programação para que a cidade possa receber uma quantidade cada vez maior de turistas. Isso gera mais emprego, maior movimentação econômica na área de serviços e entretenimento.” O aumento das atrações sem cordas também foi apontado por ACM Neto como uma tendência da folia soteropolitana. “Este ano vimos uma quantidade enorme de pessoas na sexta e no sábado no Campo Grande, coisa que não vimos nos últimos anos. O folião quer estar na rua, mas precisa de espaço. Precisamos aprofundar a retirada das cordas, repensar a proposta do trio elétrico com equipamentos menores, como o Pranchão Alavontê, que fez o maior sucesso. Temos que mudar para termos mais 30 anos de muito axé.” Sobre a fiscalização da sujeira nas ruas, como o famoso xixi, o prefeito ressaltou que tem visto as pessoas se conscientizarem mais sobre a necessidade de manter a cidade limpa. “São mais de 2 mil sanitários espalhados pelos circuitos, dezenas deles climatizados, o que é uma inovação da nossa gestão, e tenho visto um comportamento bem bacana das pessoas aguardando nas filas. A Limpurb faz um trabalho exemplar de limpeza em eventos dessa proporção, como o Carnaval de Salvador, tanto que o órgão é elogiado em todo o país por esse trabalho. Às sete da manhã, por exemplo, Salvador já está limpa. E os cidadãos estão percebendo que a cidade está melhor, o clima é de bem estar”, afirmou ACM Neto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo