Bahia

Preço do cacau dispara e produtores entram em alerta

Preço do cacau está em alta e oferta de amêndoas em baixa

O mercado do cacau está em ebulição, com amêndoas escassas e demanda em alta, o preço disparou. Na sexta-feira (15), houve o fechamento de contratos na bolsa de Nova York, no valor de US$ 8.150 por tonelada, fazendo os produtores de cacau ficarem em alerta, pois sinaliza mudanças no cenário comercial.

Os maiores produtores de cacau do mundo: Gana e Costa do Marfim diminuíram a produção devido a questões climáticas. Isso tem impactado a oferta de amêndoas para a linha de produção de chocolate em todo o mundo.

Estima-se que enquanto os estoques nos armazéns, estiveram baixos, a demanda vai continuar alta, e o preço também, ou no mínimo continuar a subir.

Cacau bate novo recorde na bolsa de Nova York

Nesta segunda-feira (18), o preço do cacau bateu um novo recorde na Bolsa de Nova York, atingiu a marca US$ 8.478 por tonelada.

Analistas e especialistas do setor, tem avaliado essa valorização do produto e buscam entender melhor as causas.

As mudanças no preço do cacau, tem impactos da plantação as prateleiras de supermercados, quando o cacau já chega industrializado.

LEIA TAMBÉM: Estudantes do Sul da Bahia desenvolvem desodorante à base de cacau

Os próximos dias devem ser cruciais ao setor, a turbulência financeira deve gerar novas oportunidades.

Nesta terça-feira (19), o preço da arroba de cacau, 15 quilos está sendo comercializado a R$ 580 em Ilhéus, no sul da Bahia.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios