Eleições 2020JustiçaSlideVale do Jiquiriçá

Pré-candidato a prefeito de Santa Inês faz diversas acusações contra o atual gestor, defesa diz que acusador é investigado por prática de conduta criminosa e nega irregularidades

Segundo Júnior de Valdélia, pré-candidato a prefeito de Santa Inês pelo PCdoB, o Ministério Publico Federal, em Jequié, acolheu denúncia contra o prefeito da cidade, Hérmeson Novaes Eloi, por supostos crimes de Improbidade Administrativa e Fraude em Licitação, as denúncias foram feitas por prefeitável ao MPF.

Na denúncia, de nº PRM-JQE-BA-00003319/2020, e acolhida pela Procuradoria da República do Município de Jequié, nº 1.14.008.000196/2020-73, o pré-candidato relata que o então prefeito Hérmeson Eloi, comete ações de improbidade administrativa e possíveis fraudes em processos licitatórios com recursos federais aos executar calçamento de rua inexistente no município e de não transmitir documentos de licitação pública ao Tribunal de Contas do Município. Segundo a denúncia os documentos referentes ao processo licitatório para contratar empresa para executar as obras de calçamento, não foram enviados para o Tribunal de Contas, e que a rua referente ao processo, não existe no município.

Outras denúncias foram feitas na mesma representação ao MPF, como a contratação da empresa Geysa Melhor para executar essa obra, seria a mesma empresa que executa diversas outras obras do município, além de ser a mesma empresa que segundo ele, foi contratada de forma irregular para alugar veículos para a prefeitura e secretarias com valores que ultrapassam os R$ 50.000,00 mensais e que apresentou documentações irregulares no processo de licitação.

O caso será apurado pelo Ministério Público Federal. Além disso, o pré-candidato pelo PCdoB, também fez outras denúncias no Ministério Público Estadual, nº 262.9.76277/2020 onde ele denuncia outros supostos atos de improbidade administrativa, como fraudes em processos licitatórios com verbas estaduais e recursos próprios, contratação de pessoas pela prefeitura de forma ilegal, através de MEI’s e empresas de estágio, contratação de empresas de forma irregular, dentre outras denúncias.

Valdélia enfatiza que Eloi, também responde a uma denúncia no MPE que foi encaminhado ao MPF em Brasilia, nº 003.9.141436/2019, por suposto crime de estelionato, caso envolvendo CPF, o denunciante relata ainda que está sendo investigado a existência de dois CPF’s em nome no atual prefeito Hérmeson Novaes Eloi. O caso foi denunciado à Polícia Federal, através de uma Notícia Fato impetrado também pelo pré-candidato; nessa mesma denúncia é informado outras ações de suposta improbidade praticadas pelo atual gestor do município.

O que diz o citado.

A redação do Mídia Bahia entrou em contato pela manhã com a defesa do prefeito, e recebeu as seguintes explicações para as denúncias:

As denúncias apresentadas pelo Sr. “Junior de Valdelia” estão revestidas de caráter politiqueiro, da mais péssima qualidade.


Saliento, por oportuno, que o referido “Denunciante” está sendo investigado por prática de conduta criminosa para fins eleitorais, já que tem se colocado como pré-candidato a Prefeito na cidade.


Já há, inclusive, procedimento investigativo no Ministério Público do Estado da Bahia, bem como na Polícia Civil, no sentido de aplicar o artigo 326-A do Código Eleitoral.


Em anexo, aproveito para encaminhar:


a) Ofício assinado pelo Excelentíssimo Senhor Promotor de Justiça Dr. Isaias Carneiro, instaurando o procedimento investigativo contra José Castro Mendonça Júnior;b) Ofício assinado pela Excelentíssima Senhora Delegada de Polícia Dra. Grazziele Pereira, em que designa audiência em instrução criminal, indicando o Sr. Prefeito como vítima de atos caluniosos perpetrados por José Castro Mendonça Júnior.


Adverte-se, neste momento, que não há veracidade em qualquer das informações apresentadas pelo “Denunciante” a este site, que, a partir deste momento, passa a ter ciência de que tudo não passa de politicagem e calúnia para fins eleitorais.


Em tempo, me coloco à disposição para quaisquer outros esclarecimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar