Notícias

Posse de Jerônimo Rodrigues acontecerá no início da manhã

O governador diplomado Jerônimo Rodrigues (PT) vai ter que “madrugar” um dia após o Réveillon para tomar posse do Governo da Bahia. A cerimônia acontece no dia 1º de janeiro de 2023 e o horário chama a atenção: começa a partir das 7h30, no Palácio Luís Eduardo Magalhães, sede da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA).

Imediatamente após a posse no plenário do Legislativo estadual, Jerônimo, o governador Rui Costa (PT), que deixa o cargo, e o vice-governador, Geraldo Júnior (MDB), participarão da cerimônia de transmissão de cargo em uma grande tenda que instalada na área verde da ALBA.

O horário escolhido se dá por um motivo importante: a maior parte dos presentes irá viajar para Brasília logo em seguida, onde participam da posse do presidente diplomado Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a partir das 14h.

A posse de Jerônimo deve contar com um grande número de convidados. Os jornalistas credenciados, por exemplo, não terão acesso ao plenário da Assembleia devido à limitação de espaço e poderão acompanhar a cerimônia nas salas onde funcionam as comissões da Casa.

SECULT – O governador diplomado da Bahia enfrenta uma queda de braço com o setor cultural pela indicação de um nome para a Secretaria de Cultura da Bahia (Secult). Segundo a reportagem apurou, há uma pressão para o petista escolher a vereadora de Salvador, Maria Marighella, para o posto.

Inicialmente, a pasta iria para o PCdoB. A deputada estadual Olívia Santana, inclusive, era cotada. O acordo, contudo, não avançou e a secretaria deve ficar mesmo com o PT. A reportagem apurou que várias associações e ONGs estão pressionando a cúpula da transição para que o nome de Maria seja avaliado por Jerônimo.

Ela tem entrada no setor cultural do Estado inteiro. E isso acabaria sendo uma recompensa pelo fato dela ter sido muito bem votada – apesar de não ter sido eleita em 2022. A Associação de Produtores e Cineastas da Bahia, por exemplo, chegou a fazer uma enquete e relatório para entregar a Jerônimo com o nome de Maria.

Tribuna da Bahia

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios