BrasilGeral

Policiais federais marcam mobilização para pressionar Bolsonaro a reajustar salários

O imbróglio entre uma ala da Polícia Federal e Jair Bolsonaro (PL) segue preocupando alguns apoiadores do presidente. Isso porque servidores da PF ameaçam romper com o chefe do Executivo, caso não ocorra um reajuste salarial para a categoria.

De acordo com a colunista Bela Megale, do Jornal O GLOBO, entidades de classe da PF marcaram para a próxima quinta-feira (28) uma manifestação em todo o Brasil para cobrar de Bolsonaro um aumento salarial superior aos 5% previstos para todos os servidores públicos.

O presidente da Fenapef, Marcus Firme, disse à coluna, que, até o momento, não houve “avanços positivos” e que os policiais querem “uma proposta concreta” sobre a reestruturação da PF que resultaria num reajuste salarial entre 16% e 20%.

A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) já aprovou a mobilização em uma assembleia realizada nesta segunda-feira (18) com lideranças dos 27 sindicados ligados a ela. A Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF) também deve aprovar a participação de seus membros nos atos em uma reunião na noite desta quarta-feira (20).

Ainda segundo Megale, havia uma expectativa entre as entidades de que o governo Bolsonaro fizesse algum gesto após a reunião desta segunda-feira com o ministro da Justiça, Anderson Torres. Como a sinalização não veio, as manifestações começaram a ser marcadas já para os próximos dias.

Bahia.ba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo